INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

sábado, 4 de novembro de 2017

Professor Max dirigente do PSOL lança pré candidatura a deputado estadual

                       professor Max dirigente do PSOL

O Professor Max de Itabuna, militante e dirigente do PSOL, buscará em 2018 uma das 63 vagas na Assembleia Legislativa da Bahia. Seu histórico de lutas começou em 1986 quando foi eleito aos 16 anos, presidente do Grêmio Estudantil Firmino Rocha do Colégio IMEAM de Itabuna que na época tinha aproximadamente 3.800 estudantes. O mesmo participou do processo de lutas para a estadualização da antiga FESPI hoje UESC, também exerceu por vários anos cargos na Associação de Moradores do Bairro João Soares, consolidando assim sua prática em defesa das comunidades da periferia    de sua cidade. Além de ser professor das redes Estadual e Municipal de ensino há mais de 25 anos, o professor Max em seus horários vagos coordenou por mais de 20 anos vários projetos ligados ao esporte, principalmente nos bairros periféricos. Sua formação acadêmica está ligada às ciências humanas: Graduado em geografia e pós graduado em Educação e Relações étnico Raciais pela UESC. Especialista em cultura afro brasileira pela USP e Mestre em Cultura Popular com ênfase ao estudo das religiões de matriz afro brasileira pela UNINOVE. Além de diversos cursos promovidos pela SEC-Ba e pela Secretaria de Educação de Itabuna. Atualmente está em fase de conclusão de um livro culto tema é MINHA RICA,POBRE BAHIA, AINDA É CAPITANIA, que será lançado em março do próximo ano. Este trabalho é fruto de 11 anos de pesquisas onde o pesquisador/professor percorreu todas as regiões da Bahia e visitou mais de 300 municípios, entrevistando moradores e fotografando as paisagens e o dia a dia da população baiana em diversos ângulos. "Somos o 6° Estado mais rico do Brasil, porém 22° em mortalidade infantil, 19° em analfabetismo, 16° em expectativa de Vida segundo o IBGE e 22° em IDH segundo o índice Gini. Então, o livro abordará um século da política baiana para que os leitores possam associar economia/condições de vida/política." Suas principais bandeiras de lutas serão o fortalecimento do PSOL no Estado, melhorias nas condições de vida das minorias oprimidas pelo poder das elites baiana e o combate contra o racismo e a Intolerância em seus vários ângulos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário