INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Parabéns ao vereador Hilton Barros Coelho fazendo aniversário hoje


Hilton Barros Coelho, 22 de junho de 1971, é historiador, servidor público e Vereador de Salvador pelo Partido Socialismo e Liberdade - PSOL. Natural de Salvador, Hilton Coelho é mestre em História pela Universidade Federal da Bahia e servidor público do judiciário federal (licenciado). Em outubro de 2012, foi eleito pela primeira vez, vereador de Salvador para a 17ª Legislatura (2013-2016) com 16.408 votos (1,27% dos válidos[1]) pela Coligação Chega de Vender Nossa Cidade (PSOL-PCB). Foi reeleito em outubro de 2016 para a 18ª legislatura (2017-2020)[2] com 14.168 votos[3] pela coligação Agora é com a gente (PSOL-REDE).
Foi candidato a governador em 2006 quando teve 38.870 votos (0,63%)[4], a prefeito de Salvador em 2008, encabeçando a Frente de Esquerda Socialista e obtendo 51 mil votos, quando ficou conhecido pelo jingle: "O povo na decisão"[5] e ganhou o apelido "Hilton 50"[6] em referência ao número eleitoral do PSOL que era repetido no refrão. Em 2010, foi candidato a deputado estadual, alcançando quase 25 mil votos[7].
Atua desde jovem nos movimentos sociais, defendendo os ideais do socialismo. No movimento sindical é dirigente do SINDJUFE[8] - Sindicato dos Servidores do Judiciário Federal na Bahia (licenciado), sendo militante da Ação Popular Socialista (corrente política que atua no PSOL e nos movimentos sociais), da Corrente Sindical e popular Resistência e Luta[9] e membro da CSP - Conlutas.
Biografia[editar | editar código-fonte]
Hilton Coelho nasceu em 22 de Junho de 1971, no bairro de Brotas, em Salvador, onde viveu por toda da sua infância e adolescência. Iniciou sua militância política na antiga ETFBa, Escola Técnica Federal da Bahia, atual IFBA, no Barbalho. Ali teve seu primeiro contato com a luta pela qualidade da educação e se aproximou do espírito de luta e resistência da população da cidade. Nesse período iniciou também sua militância na região do Subúrbio Ferroviário, lutando ao lado dos moradores daquela região pela melhoria das condições de vida daquela população.
Foi assim que teve seu primeiro contato com as ideias socialistas e acabou filiando-se ao Partido dos Trabalhadores - PT, partido que na época colocava-se ao lado da população na luta pelas suas bandeiras e pela democratização do Brasil.
Entrou na UFBa em 1995, onde cursou História e por onde concluiu o seu mestrado[10], estudando História Política da Bahia. Lá continuou sua militância, não apenas no movimento universitário, mas também no apoio a movimentos sociais, como na luta dos servidores federais (enquanto servidor público concursado do TRT) e de luta pela moradia contribuindo na fundação do Movimento sem teto da Bahia - MSTB. Sempre esteve presente também na luta de diversas categorias como petroquímicos, trabalhadores da limpeza urbana, movimentos de luta pela terra, entre outros.
Em 2005, junto com centenas de militantes insatisfeitos com os rumos tomados pelo PT no governo – onde adotaram posturas que iam de encontro aos interesses dos trabalhadores, notadamente a Reforma da Previdência de 2003 – sai deste partido e entra no PSOL.
Pelo PSOL foi candidato em 2006 ao governo do Estado e em 2008 à prefeitura de Salvador. Em 2012 é eleito Vereador de Salvador com a expressiva votação de 16.409 votos, sendo o primeiro vereador do PSOL na capital baiana. Na Câmara de Vereadores, tem atuado firmemente na luta por uma Educação pública, gratuita e de qualidade (é membro da comissão de Educação[11]), por uma cidade para seus cidadãos, pela reparação social e pelas minorias (é suplente da Comissão de Reparação[12] e da comissão de defesa dos direitos da mulher[13]) também garantiu a importante vitória da aprovação da criação da Comissão Especial dos Direitos da Criança e do Adolescente[14], a qual preside.
Dados extraído do Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário