INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Marcelo Freixo lidera disputa pela Prefeitura do Rio de Janeiro

Apesar do primeiro lugar, candidato do PSOL não superou número de indecisos; Jandira Feghali iria ao segundo turno



                      Segundo Dizgoo, Marcelo Freixo lidera disputa pela Prefeitura do Rio de Janeiro


Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (27) pela plataforma digital de estudos de tendência Dizgoo mostra o candidato Marcelo Freixo (PSOL) em primeiro lugar nas eleições municipais do Rio de Janeiro, com 20,82% da preferência dos cariocas.
Curiosamente, segundo o levantamento - feito apenas pela internet com 320 pessoas entre os dias 20 e 24 de junho -, os eleitores indecisos aparecem empatados com Freixo. Ou seja, 20,82% dos participantes não votariam em qualquer um dos candidatos apresentados pela pesquisa.
Já Jandira Feghali (PCdoB) aparece em terceiro lugar, com 12,97% das intenções de voto, o que a colocaria em um eventual segundo turno contra Freixo. Na última semana, ela recebeu o apoio oficial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que prometeu acompanhá-la na campanha às eleições - apesar de ser investigado na Lava Jato, sua popularidade ainda é alta.
Logo em seguida, os senadores Marcelo Crivella (PRB) e Romário (PSB) disputam a quarta posição, ambos com 10,92%. Abaixo deles, seguem Alessandro Molon (Rede), Rodrigo Maia (DEM) e Índio da Costa (PSD). Pedro Paulo (PMDB), o candidato do atual prefeito Eduardo Paes, aparece com apenas 6,14% das intenções.
Sobre as prioridades para o novo governo, os cariocas praticamente concordaram que educação, saúde e segurança pública são as três áreas que devem ser tratadas com a mesma importância pelo novo prefeito.



Olimpíada
A pesquisa também abordou a relação dos moradores do Rio de Janeiro com os Jogos Olímpicos. Para 50,9% deles, as construções levantadas para receber o evento não trarão nenhum legado positivo para a cidade.
Os jovens são os mais entusiasmados com a Olimpíada. Entre os internautas de 18 a 24 anos, 66% acham que as obras terão um impacto positivo para a cidade. O percentual diminui quando o público envelhece - apenas 36% dos entrevistados com idade de 25 a 34 anos acredita nisso também.
Já o movimento "#NãoVaiTerOlimpíadas", semelhante aos protestos de "Não vai ter Copa", contra a realização da Copa do Mundo de 2014, não tende a crescer na opinião dos internautas. Apenas 35,6% pensam que o movimento pode prosperar.
BRASIL

           Segundo pesquisa, maior parte dos internautas não acredita que Temer recupere a economia



Além do recorte municipal, o Dizgoo mensurou a avaliação do governo interino de Michel Temer à frente da Presidência.
Em todos os níveis de escolaridade, idades e em ambos os sexos, há um consenso de que o peemedebista não terá condições de recuperar a economia. Nos números totais, 65,9% não creem no poder de reação do interino. A maior parte também prefere a volta de Dilma Rousseff a ver Temer assumir oficialmente o cargo - 45,2% contra 25,3%.

Já se as eleições presidenciais ocorressem em 2016, como já defendido pela própria Dilma em entrevistas, Lula seria o candidato favorito disparado, com 36,2% das intenções de voto. O segundo lugar, Ciro Gomes, vem bem atrás, com 12%. Aécio Neves conquistou apenas 4% dos internautas.
FONTE: IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário