INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

INFORMATIVO DAVID LOPES MACEDO

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Cuidado! Facebook está cada vez mais cheio de notícias falsas

Cuidado! Facebook está cada vez mais cheio de notícias falsas




Sabe quando alguém vê uma notícia aparentemente bombástica no Facebook, mal clica nela para ler e já compartilha, normalmente indignado? Isso tem acontecido cada vez mais quando o assunto é política no Brasil. O problema? Nem tudo o que é publicado é verdade.
A BBC Brasil consultou um banco de dados do Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas de Acesso à Informação, da Universidade de São Paulo (USP), e se deparou com um dado alarmante. Três das cinco reportagens mais compartilhadas na rede social na última semana — quando o impeachment da presidente Dilma Rousseff foi votado na Câmara dos Deputados — eram completamente falsas.
“Parte considerável das brasileiras e dos brasileiros entrou na era digital muito recentemente, com a popularização dos smartphones. É de se esperar que, com o tempo, conforme as pessoas se acostumem com as plataformas e conforme o debate em torno delas amadureça, elas se relacionem com essas ferramentas de maneira mais crítica e menos ingênua”, afirma o professor Márcio Moretto, um dos responsáveis pelo levantamento, à BCC.
Pega na mentira
Ao todo, 8.290 reportagens publicadas por 117 jornais, revistas, sites e blogs de jornalismo foram consultadas. As três reportagens falsas compartilhadas no período pesquisado são as seguintes:
3º lugar: “Polícia Federal quer saber os motivos para Dilma doar R$ 30 bilhões a Friboi” — site Pensa Brasil (90.150 compartilhamentos)
A Polícia Federal não fez qualquer tipo de questionamento à presidente — e uma doação dessa envergadura em um momento como este não passaria despercebida. Esse tipo de texto circula desde 2014 e tem tudo para continuar sendo publicado por anos como sendo verdade.
4º lugar: “Presidente do PDT ordena que militância pró-Dilma vá armada no domingo: ‘Atirar para matar'” — site Diário do Brasil (65.737 compartilhamentos).
O sujeito citado como responsável pela declaração nunca foi líder do PDT e já foi até expulso pelo partido. Não há qualquer outra menção em grandes portais ou órgãos partidários sobre ele ter dado essa declaração.
5º lugar: “Lula deixa Brasília às pressas ao saber de nova fase da Lava-Jato. Seria um mandado de prisão?” — site Diário do Brasil (58.601 compartilhamentos)
Nenhuma ordem de prisão contra Lula foi efetuada até o momento, e as fases da Lava-Jato que antecederam a votação do impeachment não miraram o ex-presidente.
Muita calma
Além de contarem com uma escrita de qualidade duvidosa, elas não citam fontes diretas e se baseiam em ações impensáveis até para o quadro atual da política brasileira. Todas as três acima foram desmentidas com consultas simples em matérias em jornais de maior circulação ou por notas oficiais do governo — e, para piorar, os sites que originalmente publicam as notícias falsas não se retratam de forma alguma e continuam defendendo a informação.
FONTE: TECMUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário